quinta-feira, setembro 09, 2010

IMPAGÁVEL

Fidel é impagável. Muito se deve ele divertir a tourear-nos. Depois de há já dezenas de anos ter sido canonizado pela esquerda, pese embora (ou por causa disso) se tratar de um dos mais nefastos ditadores do século XX, talvez ainda vá a tempo, nesta sua fase de arrependido, de ser perdoado pela direita. Após ter pedido desculpa pelos maus tratos aos homossexuais, agora, pasme-se, veio revelar que tinha perdido a fé: o sistema afinal não funciona. Os cubanos que viveram e sofreram os (d)efeitos do sistema porventura acharão que é pena que esta epifania tenha ocorrido tão tarde apesar das evidências.

1 comentário:

  1. Leva a pensar que se aconselhou com Tony Blair...

    ResponderEliminar