domingo, maio 24, 2009

Sinal dos tempos

O título é roubado a um post do Jorge Ferreira no Tomar Partido. Percebo o post e não me zango com o autor por fazer a associação entre o Boavista e o Gondomar e a familia Loureiro. É natural que assim seja. E o alerta é esse mesmo: o Boavista tem que se libertar de uma vez por todas do estigma Loureiro. Tem que cortar todas as amarras que o ligam ao passado. Tem que uma vez por todas criar uma imagem própria que vai para além dessa ligação, perigosa e funesta.

Mas para que isso aconteça tem que haver muita coragem. E muita vontade de fazer sangue. Mas só assim conseguiremos renascer das cinzas.

Sem comentários:

Publicar um comentário